Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Jogador Placaense Danubio Silva é contratado pelo Dynamo Dresden da Alemanha

Danúbio com a camisa do Goytacaz F. C.
Neste domingo dia 29 de Maio conversei através das redes sociais com jovem Plaquense Danúbio Silva dos Santos de 22 anos, que já esta na história do município como o Plaquense que foi mais longe no Futebol, o mesmo começou a jogar futebol no município de Placas, e disputou os primeiros campeonatos na quadra Carlos Lázaro, onde segundo relatou "teve o privilegio de aprender muito," foi para Manaus onde jogou em alguns clube da base dos time de lá ate jogar profissionalmente pelo nacional Borbense time do interior do amazonas, de lá foi para o Rio de Janeiro onde ficou pouco período no time do Goytacaz, onde foi visto por olheiros do Futebol Alemão, e foi contratado para jogar no Dynamo Desden, time que jogou e conquistou a terceira divisão do Campeonato Alemão na temporada 2016.

O jovem Danubio Silva chegou na Alemanha neste domingo (29) e agora trabalhar e ser adaptar pois tem um mês de adaptação antes de iniciar a temporada 2016/2017, atualmente os demais atletas e comissão técnica estão de férias após a conquista da 3ª divisão do Campeonato Alemão.
Danúbio no Nacional Borbense de Manaus
Nesta temporada o time lutará para conquistar o acesso e voltar a elite do Futebol Alemão, e o jovem Danúbio está decidido a fazer história e ajudar o seu time a ser novamente um dos grandes da Europa.

Danúbio enviou uma mensagem a todos os amigos e familiares de Placas.
"Só tenho agradecer pelo carinho de todos e tudo vai da certo, e logo logo estarei em time de grande expressão dando esse orgulho ao povo placaens. E no fim do ano estou ai passar uma semana de férias,  pois tem quatro anos que não vou ai por que estou correndo atrás desse sonho e trabalhando sempre."

Danúbio em Treinamento.
Eu, particularmente estou muito feliz com a trajetória do jovem Danúbio, pois sou um dos Placaenses que o vi crescer, fui seu professor de informática e conheço toda a sua família em Placas, imagino o tão grande orgulho e felicidade que este jovem está proporcionando para toda a sua família. Fica aqui o meu Parabéns ao amigo Daniel Tantam, Dalciria, e a todos os descendente da família do Sr. Arnold e do Saudoso João Danga, que estão transbordando de orgulho e alegria.
A familia Placaense com certeza está na torcida para que este jovem cresça e leve o seu nome longe e o nome de nossa Cidade.
Estarei acompanhando e postando neste Blog a trajetória de Danúbio Silva, o maior atleta Plaquense, e o que foi mais longe até o presente momento.

Conheça o Dynamo Dresden

Dynamo Dresden Campeão da Liga da 3ª Divisão Alemã
Quando se está em Dresden, uma das cidades mais marcantes da antiga Alemanha Oriental, é praticamente impossível não perceber que aquele é o berço do Dynamo Dresden, até hoje lembrado como o mais forte representante do oriente alemão no futebol até a queda do Muro de Berlim.
A relação entre o Dynamo e o povo de Dresden é tão forte que, durante o jogo Estados Unidos e Brasil, pela Copa do Mundo de futebol feminino, o público presente ao Glücksgas Stadion repentinamente entoou cantos de homenagem ao próprio clube: "Dy-na-mo, Dy-na-mo", insistiam. Há de se compreender o orgulho elevado: afinal, após cinco anos entre a terceira e o que pode ser chamada de quarta divisão, o clube voltou para a divisão de acesso à Bundesliga, a elite do futebol nacional.
Camisa do Dresden
Para a população de Dresden, ver o time forte faz bem à autoestima de quem, em fevereiro de 1945, foi destruída por bombardeios do exército americano. Pouco sobrou, e até o estádio do Dynamo precisou ser reconstruído. Ao longo dos anos, os fãs do clube se acostumariam a assistir a grandes momentos de baixas e reviravoltas, o que só fez crescer esse sentimento de paixão. Pela performance nas arquibancadas, os torcedores se notabilizariam como um dos mais vibrantes do futebol alemão, um reconhecimento que recebem até os dias atuais.
Patrocinado pela Volkspolizei, a polícia da Alemanha Oriental, o Dynamo surgiu poderoso no início dos anos 50 e foi formado por jogadores que pertenciam a outros clubes ligados às forças policiais. Tamanho foi o sucesso, campeão alemão de 1953, que os talentos foram todos levados à capital, onde surgiria o Dynamo Berlin. Em Dresden, anos e anos teriam de se passar para o que o Dynamo fosse forte novamente.
Entre as décadas de 70 e 90, o clube se notabilizou como vencedor, revelador de talentos como o zagueiro Mathias Sammer e a grande referência da Alemanha Oriental em relação ao futebol. Com a queda do Muro de Berlim, entretanto, foi murchando como todos os times do oriente alemão. Prova disso é que, na próxima edição da Bundesliga, em 2011/12, nenhum clube do oriente fará parte da elite. Hansa Rostock e Energie Cottbus, com participações pontuais, foram os mais assíduos na primeira divisão.
Torcida apaixonada pela equipe sempre lota o estádio
O Dynamo Dresden também fez parte desse processo e, desde 1994, passa distante da Bundesliga, o que não o impediu de continuar muito próximo dos torcedores. É praticamente impossível caminhar por Dresden e não notar menções ao clube da cidade espalhadas por todo canto. Conhecidos pelo radicalismo, os fãs mais exaltados são capazes até de pichar muros, por exemplo, quebrando um protocolo de educação tão básico dos alemães.
Atualmente, esse instinto está ainda mais aflorado. Com o terceiro lugar na última temporada da terceira divisão, e uma vitória contra o VFL Osnabrück nos playoffs, o Dynamo Dresden voltou ao campeonato de acesso à elite. Um momento de orgulho e esperança para quem se acostumou a tantos altos e baixos no futebol. Especialmente para uma torcida que nem sempre cobrou vitórias para amar o time. 


Estádio do Dynamo Dresden







Nenhum comentário:

Postar um comentário