Pesquisar este blog

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Eu apoio o NOVEMBRO AZUL

Depois do Outubro Rosa, período dedicado à conscientização da mulher no combate e prevenção ao câncer de mama, inicia-se a campanha “Novembro Azul”, desta vez, visando promover o combate do câncer de próstata, incentivando os homens à realização do exame.

Novembro Azul
O câncer de próstata é uma doença que atinge os homens em maior escala quando comparado ao índice em que o câncer de mama atinge as mulheres. Um dos principais fatores, além da falta de informação propriamente dita, ainda é o preconceito com o exame de toque retal, assunto que muitas vezes vira motivo de piadas entre alguns homens.
Com as diversas campanhas educativas realizadas pelos movimentos durante o Novembro Azul e também o esforço da mídia no combate ao câncer de próstata, felizmente estes números estão mudando, e o homem está cada vez mais buscando orientação.
Mesmo assim, ainda estima-se que 1 a cada 6 homens ainda terão câncer de próstata durante sua vida, e 1 a cada 34 ainda morrerá da doença.
Apesar das estatísticas ainda não muito animadoras, sabe-se que 9 a cada 10 casos tem chances de cura, desde que diagnosticada precocemente, o que reforça ainda mais a busca e o incentivo das campanhas em apoio ao combate e prevenção precoce desta doença, assim como é com o câncer de mama para as mulheres.

Orientações sobre o Câncer de Próstata

Listamos algumas dicas e orientações para contribuir com o incentivo aos exames preventivos e combater o câncer de próstata:

1. Quando se deve fazer o exame preventivo?

Inicialmente, recomenda-se que homens entre os 40 e 45 anos procurem o médico urologista, especialista do sistema reprodutor masculino, e façam o exame preventivo, preferencialmente se houver incidência na família, já que isso é aumenta as chances de risco.
Homens que não possuírem registro de antecedentes de câncer de próstata na família, idealmente podem optar em procurar o urologista e realizar o procedimento a partir dos 50 anos de idade.

2. O exame de toque retal é a única forma de diagnosticar o câncer de próstata?

Apesar de ser um dos principais procedimentos para o diagnóstico, não é o único. É possível iniciar através da realização do exame de sangue, conhecido como “PSA”, sigla em inglês para “Prostate Specific Antigen”, que em português significa “Antígeno Prostático Específico”, fazer uma Ultrassonografia da próstata, por fim, a realização do exame de toque retal para concluir.
Cada exame complementa o outro, pois cada um tem seu valor e precisão, e em conjunto oferecem uma chance maior de diagnosticar a doença precocemente.

3. Quais são os sintomas do câncer de próstata?

Os principais sintomas para detectar esta doença são:
  • Desconforto Urinário.
  • Aumento da frequência urinária durante a noite.
  • Jato urinário mais fraco que o comum.
  • Sangramento urinário, quando em fase já avançada da doença.

4. Qual o tratamento para o câncer de próstata?

De acordo o Instituto Nacional do Câncer, órgão do Ministério da Saúde do Brasil, o tratamento para o câncer de próstata é relativo a cada tipo.
  • Para doença localizada, são oferecidas as opções de cirurgia, radioterapia e em determinadas situações a observação vigilante.
  • Para doença localmente avançada, recomenda-se a radioterapia ou cirurgia em combinação com tratamento hormonal.
  • Para doença metastática, ou seja, quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo, o tratamento mais recomendado é a terapia hormonal.
A escolha do tratamento mais adequado deve ser escolhida preferencialmente pelo paciente individualmente, através de uma conversa com seu médico, no qual devem ser discutidos os riscos e benefícios de cada tratamento.

Réu acusado de matar sargento da PM vai a júri popular em Santarém

Wallace é acusado de matar o sargento Kennedy com diversas facadas, durante uma bebedeira

Wallace dos Santos Fernandes
Wallace dos Santos Fernandes
Acontece nesta quinta-feira (26/11), no salão do júri da Comarca de Santarém, o julgamento do réu Wallace dos Santos Fernandes pela morte do sargento da PM João Kennedy Campos Miranda, fato ocorrido há dois anos na casa de Carla Aline Sousa da Silva, que era amiga dos dois.
Wallace é acusado de matar o sargento Kennedy com diversas facadas, em meio a uma beberagem do qual os três participavam. Carla não foi pronunciada pelo mesmo crime, mas também deverá ser julgada por estar de posse da arma, havendo conexão com o crime principal.
O réu está preso desde a época do crime e se defende alegando que matou o sargento porque este teria se insinuado em manter relações sexuais com a amiga comum dos dois. O promotor Rodrigo Aquino vai sustentar a tese da prática de homicídio duplamente qualificado, cuja pena vai de 12 a 30 anos. Já o defensor público George Aguiar, deve apresentar outras teses para desqualificar o crime. O júri será presidido pelo juiz Gerson mara Gomes.
Desclassificação – Na terça-feira (24/11), a maioria dos jurados da 3ª Vara Criminal, sob a presidência do mesmo juiz, desclassificou o crime imputado contra outro réu que estava preso, Kenison Casado Barbosa, acusado de tentar matar David Fernandes Antunes no dia 17/10/2014.
O promotor Rodrigo Aquino pediu a condenação do réu pelo crime de homicídio, mas a maioria dos jurados acatou uma das teses do defensor público Marcos Andrade. O réu foi posto em liberdade, por já ter cumprido parte da pena e não caber mais a prisão preventiva. O MP recorreu da sentença.
Fonte: RG 15/O Impacto e TJPA.

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

10 Medidas contra a corrupção - Eu Apoio Essa Idéia

Quais são e o que propõem as ’10 Medidas contra a corrupção’ do Ministério Público?

Campanha de procuradores da República prevê ações legislativas para coibir delitos que envolvam desvio de verbas públicas e atos de improbidade administrativa; objetivo é reunir 1,5 milhão de assinaturas

10medidascorrupcao

O Ministério Público Federal está à frente de uma campanha chamada “10 Medidas contra a corrupção” – iniciativa dos procuradores da República que integram a força-tarefa da Operação Lava Jato, endossada pela Procuradoria-Geral da República. A campanha é um conjunto de providências legislativas propostas para coibir os delitos que envolvam o desvio de verbas públicas e os atos de improbidade administrativa. O objetivo é reunir 1,5 milhão de assinaturas em todo o País, a exemplo da Lei da Ficha Limpa – iniciativa popular que acabou sendo aprovada pelos deputados e senadores. Esse apoio tem sido colhido em palestras dos procuradores da Lava Jato, que tem base no Paraná, em outros Estados do País e até em atos públicos, como as manifestações de 16 de agosto contra o governo.
A campanha reúne 20 anteprojetos de lei que visam regulamentar as dez medidas propostas, entre elas a criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos e do caixa 2, o aumento das penas, a transformação da corrupção de altos valores em crime hediondo e a responsabilização dos partidos políticos. Os anteprojetos já foram enviados ao Congresso, mas a pressão popular é considerada fundamental pelos procuradores para que entrem na pauta de votações do Legislativo.
Saiba quais são as medidas propostas e suas finalidades pretendem:
Deltan Dallagnol. Foto: Julia Affonso/Estadão
Deltan Dallagnol. Foto: Julia Affonso/Estadão
1) Prevenção à corrupção, transparência e proteção à fonte de informação
Dentre as propostas sugeridas estão: testes de integridade – sem o conhecimento do agente público ou funcionário – que simulem situações para avaliar conduta moral moral e predisposição para cometer crimes contra a Administração Pública; o investimento de 10% a 20% dos recursos de publicidade dos órgãos públicos em ações voltadas ao estabelecimento de uma cultura de intolerância à corrupção, treinamento de funcionários públicos, realização de programa de conscientização em universidades; estímulo à denúncia de casos de corrupção, além de tornar obrigatória a prestação de contas do Judiciário e do Ministério Público sobre duração dos processos que ultrapassem o prazos razoáveis de duração
2) Criminalização do enriquecimento ilícito de agentes públicos
Estabelecimento de penas de três a oito anos para crimes de enriquecimento ilícito, passíveis de alteração no caso de delitos menos graves. Caberá, no entanto, à acusação provar a existência de renda discrepante da fortuna acumulada pelo agente público. Se houver dúvida quanto à ilegalidade da renda, o suspeito será absolvido
3) Aumento das penas e crime hediondo para corrupção de altos valores
Os procuradores propõem o aumento das penas para corrupção, que hoje são de 2 a 12 anos, para de 4 a 12 anos. Com isso, a prática do crime de corrupção passa a implicar, no mínimo, prisão em regime semiaberto. A pena estaria escalonada segundo o valor envolvido no crime, podendo variar de 12 a 25 anos, quando os valores desviados ultrapassem R$ 8 milhões.
4) Aumento da eficiência e da justiça dos recursos no processo penal
Com o objetivo de aumentar a rapidez na tramitação de recursos sem prejudicar o direito de defesa, a medida propõe alterações no Código de Processo Penal (CPP) e uma emenda constitucional. As mudaças incluem a possibilidade de execução imediata da condenação quando o tribunal reconhece abuso do direito de recorrer; a revogação dos embargos infringentes e de nulidade; a extinção da figura do revisor; a vedação dos embargos de declaração; a simultaneidade do julgamento dos recursos especiais e extraordinários; novas regras para habeas corpus; e a possibilidade de execução provisória da pena após julgamento de mérito do caso por tribunal de apelação
5) Celeridade nas ações de improbidade administrativa
Dar mais agilidade à fase inicial das ações de improbidade administrativa com a adoção de uma defesa inicial única (hoje ela é duplicada), após a qual o juiz poderá extinguir a ação caso seja infundada. Além disso, sugere-se a criação de varas, câmaras e turmas especializadas para julgar ações de improbidade administrativa e ações decorrentes da lei anticorrupção. Por fim, propõe-se que o MPF firme acordos de leniência, como já ocorre no âmbito penal (acordos de colaboração), para fins de investigação.
6) Reforma no sistema de prescrição penal
Com o objetivo de corrigir distorções do sistema, as mudanças envolvem a ampliação dos prazos da prescrição da pretensão executória e a extinção da prescrição retroativa (instituto que só existe no Brasil e que estimula táticas protelatórias).
7) Ajustes nas nulidades penais
Ampliar a preclusão (perda do direito de recorrer a uma sentença por estar fora do prazo legal) de alegações de nulidade; condicionar a superação de preclusões à interrupção da prescrição a partir do momento em que a parte deveria ter alegado o problema e se omitiu; estabelecer, como dever do juiz e das partes, o aproveitamento máximo dos atos processuais e exigir a demonstração do prejuízo gerado por um defeito processual
8) Responsabilização dos partidos políticos e criminalização do caixa 2
Esta medida visa responsabilizar os partidos políticos pelas práticas corruptas, criminalizar o caixa 2 (contabilidade paralela) e criminalizar, no âmbito eleitoral, a lavagem de dinheiro proveniente de infração penal, de fontes de recursos vedadas pela legislação eleitoral ou que não tenham sido contabilizados conforme o exigido pela legislação
9) Prisão preventiva para evitar a dissipação do dinheiro desviado
Tornar possível a prisão preventiva para que se possa identificar e localizar os valores desviados, assegurar a sua devolução ou evitar que sejam utilizados para financiar a fuga ou defesa dos investigados. Essa medida também propõe mudanças para que o dinheiro sujo seja rastreado mais rapidamente, facilitando tanto as investigações como o bloqueio de bens obtidos ilicitamente.
10) Recuperação do lucro derivado do crime
Criação de medida que permita confiscar a parte do patrimônio do condenado que corresponda à diferença entre o patrimônio de origem comprovadamente lícita e o patrimônio total. Outro ponto dessa proposta visa possibilitar o confisco dos bens de origem ilícita, independentemente da responsabilização do autor dos fatos ilícitos, que pode não ser punido por não ser descoberto, por falecer ou em decorrência de prescrição.

 

Medicilândia é o município com maior risco de dengue no Pará

Belém está em alerta. Duas pessoas morreram vítimas da doença na capital

Dengue assusta no Pará
Dengue assusta no Pará
Um levantamento divulgado na terça-feira (24) pelo Ministério da Saúde aponta onze municípios do Pará em situação de risco para a dengue: Medicilândia e São Félix do Xingu apresentam os piores cenários respectivamente, seguido por Água Azul do Norte, Altamira, Breves, Floresta do Araguaia, Novo Progresso, Rondon do Pará, São Félix do Xingu, Sapucaia e Xinguara. Outros 21 municípios, entre eles Belém, estão em situação de alerta.
O número de casos de dengue no Pará aumentou 48% em 2015, segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (Sespa). Foram 4,362 casos confirmados até o último dia 5 de novembro, contra 2.957 ocorrências em 2014. A capital paraense aparece no topo desse ranking no estado, com 1.136 casos registrados, seguida de Parauapebas (366), Altamira (256), Senador José Porfírio (184) e Canaã dos Carajás (146).
Casos também foram registrados em outras, como Alenquer (127), Marituba (119), Breves (113), Ananindeua (107), Marabá (72) e Santarém (32). Duas pessoas morreram vítimas da doença em Belém e outras quatro em Altamira, Irituia, Breves e Rurópolis. Para evitar óbitos, a Sespa orienta as secretarias municipais de saúde a informar em um período de 24 horas a ocorrência de casos graves e mortes suspeitas.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Porque o novembro é azul?

Em pleno novembro azul, um debate entre entidades médicas lança dúvidas sobre o diagnóstico do câncer que está em segundo lugar na escala de mortalidade masculina: o câncer de próstata.
Shot004
A polêmica é entre a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, que contraindica o exame de rotina, por toque retal e dosagem de PSA (antígeno prostático específico) no sangue, exames que as campanhas de saúde pública recomendam para os homens acima de 45 anos, de forma geral, e a Sociedade Brasileira de Urologia que afirma ser a contraindicação um absurdo e defende o diagnóstico precoce através de exames anuais.
A matéria é da Folha de S. Paulo, reportando que “os dois lados apresentam estudos comprovando suas teses. Os médicos da família citam um estudo americano que conclui que o rastreamento precoce não diminui a mortalidade dos homens. Os urologistas respondem citando dois estudos europeus que concluíram o contrário, apontando até 40% de redução na chance de morrer de câncer de próstata entre quem faz os exames preventivos”.
Segue-se, então, uma guerra estatística inconclusiva, que permite a quem se prestar a aprofundar a pesquisa, concluir que ambos têm razão, restando ao homem decidir o que fazer na dúvida atroz.
A medicina, como tudo na vida, tem alto peso específico comercial e no que tange a indústria do diagnóstico, o peso comercial está nas bordas dos 70%, e é muito mais contra isto que a Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade se insurge, pois a frequência com que 70% dos homens são requisitados a proceder os exames poderia ser mais espaçada.
A Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade opina que há um “sobrediagnóstico”, denunciando que a ansiedade de se descobrir com um problema na próstata leva os homens a demandar cirurgias desnecessárias, que poderão ter como efeitos complicações pós cirúrgicas como incontinência urinária e impotência sexual.
Shot005
Isso, todavia, não é uma questão ligada à frequência ou ao diagnóstico e sim à desonestidade e a à imperícia médicas, que são singularidades presentes em todas as profissões.
Como eu tenho uma hiperplasia de próstata e já sofri intervenção cirúrgica para raspagem da glândula (RTU), sem nenhum efeito pós cirúrgico, filio-me à escola da Sociedade Brasileira de Urologia e do sistema de saúde pública, que indicam os exames de toque retal e aferição de PSA, anualmente, para os homens acima dos 45 anos, se houver algum sintoma, e como rotina, àqueles acima de 50 anos de forma geral, pois quaisquer mudança na textura da glândula, ou inconformidade do PSA, poderá ser investigada e tratada a tempo de evitar, no caso de câncer, que o paciente possa vir a óbito por conta de um diagnóstico tardio, e por conseguinte, um tratamento tardio.
Embora isso possa ser um surrado clichê, prevenir é melhor que remediar, antes porque, in casu, se não prevenir, talvez seja impossível remediar.

Campanha de vacinação contra febre aftosa no Pará entra na reta final‏

Na reta final da campanha, equipes intensificam as ações em todo Estado

Vacinação contra febre aftosa
Vacinação contra febre aftosa

Segue até o dia 30 deste mês, em todo o Pará, a vacinação contra a febre aftosa, coordenada pelo Governo do Estado, por meio da Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará). Na reta final da campanha, as equipes intensificam as ações de norte a sul do Estado, para garantir a manutenção do status de livre da doença com vacinação, alcançado em 2014 junto à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). O objetivo é conquistar mais mercados nacionais e internacionais para a produção paraense.
Servidores da Adepará em todo o Estado acompanham de perto o trabalho para garantir que todo o processo de vacinação atenda às metas da agência, que é alcançar o mais alto índice vacinal. A estimativa é que esta etapa da vacinação abranja, no mínimo, 108.102 propriedades cadastradas pela Adepará em 126 municípios paraenses. “O importante é a proteção do rebanho. A vacina é a única forma de evitar a febre aftosa e também de manter o Estado livre da doença”, explica o gerente do Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa da Adepará, George Santos.
Todo o trabalho é desenvolvido em parceria com o produtor rural, que é o responsável pela vacinação do rebanho. Ele deve adquirir a vacina, dentro do prazo da etapa, em uma revenda cadastrada pela Adepará, vacinar o gado até 30 de novembro e, até o dia 15 de dezembro, ir ao escritório da agência de controle de sua propriedade, para comprovar a vacina.
Atualmente, o Pará consome cerca de 25% de toda a carne produzida pelo Estado. O excedente é exportado para o mercado externo, incluindo outros Estados brasileiros e países, o que contribui para o Pará seja considerado um dos maiores exportadores de carne do Brasil. Isso só é possível especialmente pelo fato de o Estado ser livre da febre aftosa com vacinação. “Não teríamos como vender nosso excedente se o Pará não fosse livre da doença, por isso a vacinação é fundamental para a economia do Pará, já que um melhor status valoriza a qualidade do produto, aumentando a possibilidade de abertura de novos mercados, gerando mais emprego e renda”, avalia o diretor geral da Adepará, Luciano Guedes.
Em meio à crise econômica que atinge o país, o Pará deverá ser o único Estado do Brasil a sentir menos os efeitos da recessão, mantendo o Produto Interno Bruto (PIB) estável. “O Pará é um dos poucos Estados que mantêm o equilíbrio fiscal. O agronegócio tem forte participação, com a agricultura e pecuária, que sustentam milhares de famílias e contribuem significativamente com a economia do Pará e do Brasil”, diz o diretor geral da Adepará.
Fonte: RG 15/O Impacto e Agência Pará

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Trânsito violento com quatro mortes no domingo, em Santarém

Márcio Faria foi uma das vítimas fatais do grave acidente na Santarém-Cuiabá

Márcio morreu em grave acidente na Santarém-Cuiabá
Márcio morreu em grave acidente na Santarém-Cuiabá
Um grave acidente que aconteceu no domingo, 22, por volta das 21 horas, na BR 163, na região do São José, em Santarém, oeste do Pará, deixou pelo menos três mortos e quatro pessoas internadas no Pronto Socorro Municipal em estado grave. Um dos carros invadiu a contramão pegando de cheio o automóvel que vinha em sentido oposto.
Motorista ficou preso entre as ferragens do veículo
Motorista ficou preso entre as ferragens do veículo
Segundo informações, um dos condutores morreu na hora, Márcio Farias, 35 anos, era proprietário de uma loja de venda de máquinas agrícolas (M. S. Agrícola) localizada na BR-163, e duas mulheres que vinham no outro veículo morreram já no PSM. Castorina Oliveira da Silva, 60 anos e Luziane Moraes da Silva, 31 anos. Entre os feridos estão duas crianças, sendo um bebê de apenas 22 dias de vida. Márcio Faria trabalhou como vendedor na empresa Rech Tratores e deiciu montar seu próprio negócio.
Veículos se chocaram de frente causando a morte de três pessoas
Veículos se chocaram de frente causando a morte de três pessoas
TRAGÉDIA NO CIPOAL: Na tarde do sábado, 21, um fato trágico abalou as famílias de Santarém. Uma criança de 4 anos foi atropelada pelo próprio pai quando tentava tirar o carro da garagem de sua casa localizada na comunidade de Cipoal, no planalto santareno. O pai não viu seu filho que estava atrás e passou por cima. Luís Felipe Machado Maia, de apenas 4 anos, chegou a ser levada para o PSM, mas infelizmente não resistiu e acabou vindo a óbito, às 14h40. Luís Felipe era parente do ex-deputado e ex-prefeito Lira Maia.
Fonte: RG 15/O Impacto

sábado, 21 de novembro de 2015

Ultrapassagem provoca morte em trágico acidente na PA-222 próximo à Marabá-PA

AVISO: IMAGENS FORTES

IMG-20151120-WA0619
Um eletricista identificado como Leonardo Souza dos Reis, de 33 anos, morreu em um trágico acidente de trânsito nesta sexta-feira, 20, na BR-222, em Morada Nova, quando a motocicleta, em que ele vinha como carona, e o irmão, Alessandro Souza dos Reis, de 28 anos, estavam colidiu com um caminhão modelo baú, após uma ultrapassagem arriscada, por volta das 8 horas. A Polícia Rodoviária Federal está investigando as possíveis causas do acidente.
Leonardo e Alessandro se dirigiam à casa da mãe, em Bom Jesus, em uma moto Honda Titan 160 vermelha, quando Alessandro, que dirigia o veículo, teria perdido o controle ao tentar ultrapassar outra moto, uma Sandown Max de cor azul. Segundo um agente da PRF ouvido pela Reportagem, o asfalto estava com problema onde Alessandro teria feito a manobra perigosa e perdido o controle da direção, colidindo primeiro com a outra moto e, em seguida, com o caminhão.
IMG-20151120-WA0620
O motorista do caminhão era Elton Ítalo Santos de Oliveira, de 26 anos. Ele trabalha para uma empresa terceirizada do Frigorífico JBS e retornava de uma entrega na cidade de Imperatriz, no Maranhão, quando, ao passar pelo Km 216, percebeu duas motos se aproximando no sentido contrário. A moto Sandown Max, segundo ele, transitava devagar, enquanto a Honda Titan 160 estava em alta velocidade. Ao tentar ultrapassar a moto da frente, os dois motociclistas tocaram-se e perderam o controle. Prevendo a possível colisão, Elton tentou evitar o acidente jogando o caminhão para fora da pista.
No entanto, a moto conduzida por Leonardo se chocou com a lateral do veículo de carga e as duas motos caíram. Ao descer do caminhão para verificar o estado das vítimas, Elton percebeu que Leonardo estava com o crânio esmagado, tendo morte instantânea e as demais vítimas conscientes. Em entrevista ao CORREIO, ele disse que dirigia a 70 Km/h. “O baú do veículo está vazio, caso contrário eu não teria conseguido desviar”, relatou.
IMG-20151120-WA0621
O piloto da outra motocicleta envolvida no acidente e Alessandro, irmão de Elton, foram socorridos pelo SAMU e levados ao Hospital Municipal de Marabá (HMM). Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estiveram no local prestando o atendimento inicial até a chegada da Perícia e do Instituto Médico Legal (IML) para remover o corpo de Leonardo. Conforme informação de João Batista Cardoso de Araújo, parente de vitima, que estava no local, o piloto morava no Bairro da Paz, e a moto que pilotava tinha acabado de ser comprada.
Síntese
Segundo um agente da PRF ouvido pela reportagem, o asfalto estava com problema onde Alessandro teria feito a manobra perigosa e perdido o controle da direção, colidindo primeiro com a outra moto e, em seguida, com o caminhão. 
(Com informações do Correio Tocantins/Jackeline Chagas/Fotos: Whatsapp)

Em Placas Escola Estadual Tancredo Neves ameaça cair na cabeça dos alunos

Área do refeitório interditada
A Escola Estadual Municipalizada de Ensino Fundamental e Médio Presidente Tancredo Neves de Placas mostra o descaso e o total abandono do Governo do Estado com a Educação no Estado e a falta de respeito com a população Placaense, pois parte da escola ameaça desabar na cabeça dos alunos.
Nesta sexta feira dia 20 de Novembro de 2015 a direção da escola resolveu interditar o refeitório da escola que está em risco de desabamento. Esse refeitório fica na parte central da escola entre os dois corredores de salas, e era um local de grande circulação e aglomeração de alunos, a estrutura do refeitório que é de madeira apodreceu e o peso do telhado pendeu para a esquerda e ficou escorado na estrutura da cozinha que já apresenta várias rachaduras.
A área interdidada é um local de grande circulação
O local ainda representa um grande perigo para a vidas dos alunos, pois a cozinha esta sempre ocupada por serventes e merendeiras, e o bebedouro da escola fica bem na frente da cozinha abaixo da estrutura que está recebendo todo o peso do refeitório.
A Escola Tancredo neves foi construida com quatro salas de aulas no ano de 1984 e inaugurada em 20 de Maio de 1985 pelo Governo do Estado na então vila Alto Pará, e foi ampliada com mais quatro salas de aula pelo Ministério da Reforma e Desenvolvimento Agrário no ano de 1987 ampliação esta que foi inaugurada no dia 12 de fevereiro de 1988 na então Vila Alto Pará. A escola veio a ser reformada entre os anos de 1998 e 1999 pelo governo do Estado, e foi ampliada pelo município com mais quatro salas de aula em 2002 e recebeu uma quadra de esportes coberta em 2010.
Encanamento exposto e com vazamenteos
Hoje 17 anos depois da ultima reforma a maior Escola do Município de Placas ameaça desabar na cabeça dos alunos, pois grande parte da estrutura de madeira já apodreceu, o telhado está ameaçando desabar, e as estruturas estão precárias.
Mesmo assim professores do ensino Fundamental e Médio que são verdadeiros heróis se arriscam em trabalhar embaixo dessa estrutura precária e insegura, pois não tem outra alternativa a não ser arriscar as suas vidas e a de seus alunos em nome da educação e do conhecimento.
Parede da cozinha rachada devido ao escoramento do refeitório
Boa parte do funcionamento da escola é mantido pelo município, que paga vigias, serventes, transporte escolar e até professores para o Ensino Médio que se encontra praticamente abandonado pelo estado. Estado este que é o proprietário do prédio da escola e o responsável pela sua reforma e manutenção.
Estive no prédio da escola esta manhã juntamente com o Vereador João Martins que é presidente do Legislativo Municipal e o mesmo afirmou que está documentando o fato que no dia 01 de Dezembro apresentará ao Governo do Estado a situação da escola em uma audiência com o Chefe da Casa Civil José Megale, e solicitará a reforma imediata da Escola Tancredo Neves.
Local que recebe a maior pressão é onde fica o bebedouro da escola
Na minha humilde opinião já que o Governo do Estado não dá conta ou não empenha em reformar esta escola há 17 anos, deveria doar o prédio ao município, pois tenho certeza que aí sim ela seria reformada, pois em apenas dois anos e meio de mandato o Prefeito Leonir Hermes conseguiu reformar e ampliar as outras três escolas da sede do Município de Placas que pertencem ao município,  e tenho certeza que com a Tancredo Neves não seria diferente.
Agora resta saber se a Escola será interditada, reformada, ou abandonada de vez, o que não se pode deixar é a mesma cair na cabeça dos alunos e professores, pois estes já são vítimas do abandono e do descaso do Governo do Estado com a Educação, e não podem serem vítimas fatais e terem suas vidas sacrificadas para a escola receber uma reforma, pois pelo que conheço em nossa região as medidas só são tomadas pelo Governo do Estado quando o pior acontece. Fica a dica.
Veja abaixo fotos da situação da Escola
Escola Tancredo Neves vista de frente



Pilar de madeira da área apodreceu e se moveu mais de 3 centimetros

Outra Pilastra podre


Placa da Primeira ampliação em 1988
Placa da ultima reforma em 1999

Outra pilastra podre da área
Local do buraco na calha mostra que o cano se moveu mais de 15 cm


Calha de agua torta fixa no poste mostra o tamanho da inclinação

Neste local a calha foi empurrada pra frente e encolheu


Local onde o telhado do refeitório se escora na área da cozinha


Aqui o poste só não caiu ainda quebrou devido esse cano do fio telefone

Rachadura no depósito ao lado da cozinha



Pilastra da caixa de agua com ferros amostra

Telhado completamente torto

Banheiro com grande rachadura

banheiro com teto solar

Outro banheiro com teto solar
Essa curva do telhado não é obra do Oscar Niemeyer

Vereador João Martins esteve no local e promete cobrar providencias ao Governo do Estado






sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Obras eleitoreiras no Município de Placas foram abandonadas após as Eleições 2014

Placa do Asfalto na cidade. (Promessa não cumprida)
Faltando poucos meses para o fim do mandato do Governador Simão Jatene (PSDB) e já quase no inicio do período Eleitoral alguns funcionários do Governo do Estado apareceram no município de Placas colocando Placas de futuras Obras que iniciariam de imediato no município, e os cabos eleitorais bem treinados pelos coordenadores de Campanha utilizaram tais placas para fazer a campanha tendo argumentos tais como; "O governador liberou cinco quilômetros de Asfalto", "O Governador Liberou através do deputado tal e do Ex prefeito do PSDB o Ginásio de de Esportes", "O sistema de abastecimento de agua do lado Sul da cidade vai continuar se o governador se reeleger" e após tudo isso vinha o famoso "Vote 45 pro progresso continuar".
Placa do Ginasio de Esportes (Obra abandonada após as eleições)
Estas ações, conhecidas como obras eleitoreiras têm como finalidade bem clara: apostar na falta de memória do povo, criar empregos de última hora, proporcionar uma falsa sensação de desenvolvimento na geração de emprego e renda etc.
Observa-se nestes dias que antecedem as eleições, todas as placas dessas obras são renovadas e alguns municípios viram verdadeiros “canteiros de obras” nesta época. Fazer obras na véspera da eleição, além de tapeação, gera prejuízos a população que elegeu o Governador para governar por quatro anos e não poucos dias da eleição.
E pra piorar a situação nenhuma dessas obras foram concluídas ou tiveram continuidade, o que aconteceu foi que as placas uma a uma foram derrubadas, e com elas foi ao chão também a esperança dos atletas em terem um Ginásio de Esportes, da população em ter asfalto em suas ruas e assim continua o mandato do Governador reeleito que Governa de costas para a nossa região e nosso município, tenho certeza que para alguns ele é bom, pois muitos dos cabos eleitorais viraram assessores do governo do Estado e apostam no esquecimento da população para a próxima eleição onde essas mesmas placas serão substituídas por placas novas e acreditam que a esperança do Povo será novamente reacendida. Será?
Obras do Ginásio iniciadas bem no Período Eleitoral
As obras do nunca foram iniciadas, mas no período da campanha tinha um carro pipa e uma motoniveladora no município da empresa CONSTRUTORA PLANEL que supostamente realizaria tais obras.
As obras do Ginásio foram iniciadas em agosto no auge da campanha pela empresa CONTAP CONSTRUTORA LTDA, e foram abandonadas imediatamente após as eleições.
Até as placas já foram retiradas do local, mas eu registrei fotos de quando elas ainda estavam no local e publico agora para que o povo não esqueça. Pois esse esquecimento custa caro.
Em recente entrevista concedida a imprensa nacional, o professor do Departamento de Gestão Pública da Fundação Getúlio Vargas (FGV) Marco Antonio Teixeira, avaliou que a prática de concentrar inaugurações de obras em anos eleitorais é recorrente no país e ruim para a gestão pública. Uma pesquisa divulgada pelo IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada) com base em dados de 1995 a 2011, revela que o investimento público de prefeituras, governos estaduais e federal, sempre aumenta em ano de eleição.
Em contrapartida, quando não há disputa por cargos, há contenção de despesas. Este tipo de ação segundo o IPEA é comum entre os governantes que Deixa seu pacote de investimentos para o ano eleitoral, exatamente para aumentar a sua popularidade para ter condições de se reeleger ou de fazer o seu próprio sucessor. Para tanto digo que, a ferramenta mais importante para evitar amargos dias de arrependimentos ainda é o título de eleitor.
Votar conscientemente é muito importante, sem nunca aceitar presentinhos interesseiros para digitar o número do candidato na urna eletrônica e depois apertar o “confirma”. Voto não tem preço. Tem consequência. E a principal consequência é sempre a mesma: quatro anos de atraso, de falta de perspectivas socioeconômicas, e podem significar ainda, duros dias para a saúde pública, educação, meio ambiente, cultura e o social.










Belíssima ação de Cidadania na Escola Ana Faleiro



Nesta Sexta-feira dia 20 de novembro de 2015 registrei mas uma importante ação de cidadania no município de Placas. A boa ação registrada parte da direção da Escola Ana Faleiro, que realiza uma ação para realizar a inscrição das crianças carentes no CPF.

Diretora Angela, Sidenil (Correios) e Mãe beneficiada pela ação.
Entrevistei a diretora da Escola AngelaSilva e o funcionário dos correios Sidenil Lopes sobre a realização desse Projeto.
CPF - Cadastro de Pessoa Física
Gilberto Leite: De onde surgiu a iniciativa de criar esse maravilhoso projeto?
Diretora Angela: A algum tempo já estamos fazendo o levantamento da documentação das crianças, e constatamos  que uma média de 40 alunos não tinham o CPF, e a grande maioria desses alunos vem de famílias carentes, portanto com o levantamento em mãos fui atrás de apoio para realizar o projeto, me dirigi até a agencia dos correios de Placas, fiz um levantamento do custo e fui buscar o apoio dos parceiros para custear o projeto, mas durante o cadastro a quantidade de crianças vem aumentando, pois as mães geralmente trazem documentos de mais uma criança para fazer o cadastro, e estamos realizando todos, a tendência é que no final do dia já tenhamos efetuados mais de 50 cadastros de crianças no CPF.
Gilberto leite: E quais foram os parceiro para a realização desse projeto?
Diretora Angela: O projeto teve o apoio financeiro de; VIP MODAS, Vereador João Martins, Vereadora Mayara, Gilberto Leite, Professor Valdivino, Diretora Angela, e dos Correios que conseguiu um desconto e deslocou um funcionário para realizar o projeto na escola.
Gilberto Leite: Caro amigo Sidenil, como o principal parceiro deste projeto de que forma os correios estão colaborando.
Sidenil: Os correios são parceiros de qualquer projeto de cidadania, e está sempre apoiando esse tipo de iniciativa, nesse projeto conseguimos um desconto no valor dos cadastros e já entregaremos todos impressos, estarei durante todo o dia na escola realizando o cadastro de pessoa física dos alunos e garantindo que esse projeto seja um sucesso e que todos os alunos da escola Ana Faleiro estejam cadastrados no final do dia.
Momento da realização de mais uma inscrição no CPF

Finalizo essa matéria deixando aqui os meus parabéns para toda a direção da escola, para os correios e para todos os padrinhos que apoiaram esse projeto financeiramente e contribuíram para que o mesmo fosse realizado.

São iniciativas assim que nos fazem acreditar ainda mais no ser humano, pois elas provam que existem muita gente de bom coração, e que estão constantemente dispostas a fazer o bem, essas pessoas são maioria na sociedade ao contrário do que pregam os pessimistas. Pois tem muita gente que está sempre dispostas a dar uma mão e fazer a diferença apoiando, ajudando e sempre fazendo o bem, mas tem muita gente que é pessimista que ficam de braços cruzados, e ao invés de ajudar ficam sempre colocando a culpa no governo, na escola, na polícia, na sociedade, nas igrejas e etc, mas não conseguem enxergar que o pessimismo que está dentro delas próprias é que faz o seu mundo ser enxergado apenas do ponto de vista ruim, e que o mundo seria um lugar melhor se todos colaborassem. Pois uma colaboração por menor que seja já faz uma grande diferença. E se cada um fizer a sua parte ao invés de ficar reclamando ou apontando culpados, o mundo se tornará um lugar muito melhor se se viver. Fica a dica...
Gilberto Leite 20 de Novembro de 2015.