Pesquisar este blog

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Empresário Acácio foi encaminhado em estado grave pra Santarém

Saúde de Rurópolis e uma verdadeira doença afirma morador

 Carro da família em que  a vitima saiu do Hospital Municipal de Rurópolis ate o aeroporto 
Na tarde de ontem um empresario da cidade de Rurópolis de nome  Acácio, proprietário da  Distribuidora Louzano, sofreu um grave acidente na Rodovia Transamazônica. O fato foi repassado com exclusividade para nossa reportagem. Segundo informações o empresario aproveitando o feriado teria ido  pescar em uma ponto da Rodovia, quando em um determinado momento ele ao tentar subir em uma ribanceira e na ocasião caiu em uma altura considerável. 

Como foi relatado aqui por este meio de comunicação, ele teve uma forte baque na cabeça ocasionando muita perda de sangue, quebrou a clavícula, e um forte inchaço foi detectado em suas costas.

 Avião em que a vitima veio para santarém ainda pouco 
Informações chegaram agora pouco a nossa reportagem que desde as 07 da manhã um avião estaria no aeroporto para recambiar a vitima para o PSM. Mais que só agora as 11 : 30 horas a vitima foi conduzida ao aeroporto por uma camionete de propriedade do empresario.  Segundo informas cansado de esperar a esposa da vitima pegou o carro por conta própria para trazer seu esposo para o avião para que ele viesse para santarém.

Em conversa com um morador da cidade ainda pouco, ele nos falou por telefone que a atual administração de Rurópolis e uma vergonha, foi muito esperado do atual prefeito pela população mais que segundo ele é mais uma decepção para o município. 

Vamos continuar acompanhando o caso, vamos nos deslocar até o Hospital Municipal de Santarém para acompanhar o caso. esperamos que o paciente tenha sido encaminhado corretamente com TFD e todos os procedimentos legais para que ele possa ser atendido o mais rápido possível. 

Mais uma vez a historia se repete municípios que deveriam contar com estrutura adequada para atendimento de baixa e media complexidade ajudam a abarrotar o Hospital Municipal de Santarém que já está para explodir de demandas. 

Fonte : ELIAS JUNIOR NOTÍCIAS / Fotos : Gerrson Silva Sousa

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

CAOS na Educação da Cidade de Placas Oeste do Pará GREVE Geral

"Se eu não fosse imperador, desejaria ser professor. Não conheço missão maior e mais nobre que a de dirigir as inteligências jovens e preparar os homens do futuro."
(D. Pedro II
 
É com grande pesar e tristeza que mais uma vez venho postar essa imagem. E, mais uma vez anunciar que em sete meses e meio de governo a Prefeitura Municipal de Placas já atrasa o pagamento dos salários da Educação pela quinta vez consecutiva, só que dessa vez, a previsão do pagamento do salário do mês de  julho é só para setembro e possivelmente só para os funcionários concursados, os contratados estão sem previsão de pagamento.
O Sintepp realizou uma assembleia no dia 13 de Agosto e decidiu na plenária decretar Greve a todos os servidores da Educação Pública no Município de Placas, que paralisaram as suas atividades imediatamente.
No dia 14 de Agosto A Secretaria Municipal de Educação reagiu imediatamente na tentativa de coibir a paralisação e desestruturar a decisão do Sintepp, encaminhou para os Diretores e Coordenadores escolares o Oficio n° 0396 orientando todos os funcionários públicos contratados a permanecerem em seus postos de trabalho alegando que os mesmos não estão com os vencimentos atrasados por terem iniciado suas atividades no dia 01 de agosto e portando os seus salários só venceriam em setembro.
Vou explicar o porque desta alegação; No dia 05 de Julho foram demitidos mais de 200 servidores contratados da educação, com o intuito de não pagar salários no mês de férias, mas a prefeitura simplesmente esqueceu de rescindir os contratos ou apresentar os contratos e rescisões, não pagou os direitos trabalhistas consequentes das demissões, e está recontratando o mesmo pessoal, na verdade simplesmente deu o CALOTE nos contratados que se calaram diante do medo de ficar desempregados.
No dia 15 de Agosto, tivemos uma mobilização da Secretaría de Educação que obrigou algumas escolas a realizarem reuniões  com os pais no intuito de obriga-los a acabar com a paralisação, alegando que terá aula em várias escolas da sede do município e que os alunos que comparecerem serão prejudicados. Ameaçaram funcionários contratados que caso não trabalhassem seriam demitidos (relato feito por um funcionário que não quis se identificar com medo de represálias por parte do governo) e, para acalmar os ânimos marcaram algumas reuniões com os servidores em greve para que estes apresentassem soluções (como se fossem eles que gerenciam os recursos), tentando jogar a responsabilidade para estes que simplesmente reivindicam um direito, o de TRABALHAR E RECEBER.
Tivemos também uma mobilização do Sintepp, que distribuiu convites nas residências e lojas da cidade convidando a população para uma grande manifestação que acontecerá no dia 19 de Agosto de 2013 e terá como objetivo divulgar os desmandos administrativos que vem acontecendo em nosso município, convocando pais, mães, responsáveis, alunos, funcionários e comunidade em geral, essa manifestação deverá ocorrer nas ruas da cidade parando na câmara durante a seção onde aguardarão respostas do legislativo, e finalizando na Prefeitura onde o movimento continuará por tempo indeterminado segundo algumas fontes revelaram.
Ofício orientando os servidores contratados a trabalhar
Convite distribuído pelo Sintepp de Placas
É triste, é trágico, mas é a realidade, vamos torcer que a atual gestão municipal aponte alguma solução, tome iniciativa, ou pagarão caro por isso, o povo não vai mais esperar, o povo quer uma respostas, vamos participar, vamos defender o nosso município, ACORDA PLACAS!

Empresário de Rurópolis Cácio da distribuidora lozano sofre acidente em uma ponte na transamazônica

O conceituado empresario da cidade de Rurópolis, sofreu nesta quinta feira um grave acidente em um ponto da rodovia transamazônica. Segundo informações de familiares que nos foram repassadas  o empresário, aproveitando o feriado teria saído para levar seu filho para ensinar a pescar em uma ponte conhecida pelo nome de  ponte do Tinga , na  BR, ele tentou subir em uma ribanceira e na ocasião caiu em uma altura considerável. 
Com a queda ele quebrou a clavícula e um enorme inchaço apareceu na região de suas costas e que o empresario bateu com a cabeça, quebrou varias costelas e teve o intestino perfurado, mas foi socorrido a tempo, operado em uma cirurgia de emergência e passa bem. Estamos todos torcendo pela sua recuperação, todos o amigos de Placas, Ruropolis e região estão aguardando notícias e desejando melhoras.
Gilberto Leite, 15 de Agosto de 2013.

MEDICILÂNDIA: SAÚDE PUBLICA É ALVO DE RECLAMAÇÕES DA POPULAÇÃO

Saúde pública é alvo de reclamações da população de Medicilândia
Em Medicilândia a população vivencia um caos na saúde pública, a situação chega a ser chamada de vergonhosa pelos munícipes já que o município tem apenas dois médicos e o atendimento é citado como horrível pelos moradores, muita gente dorme a noite inteira para poder pegar uma ficha pela manhã para ser atendido, e quando consegue pegar a senha tem que esperar até as 10 horas e 30 minutos para poder ser atendido. A situação é relatada a nossa reportagem por um dos moradores revoltado com o que vem acontecendo na saúde do município. “Essa semana passei por essa experiência para poder consultar minha esposa e hoje terça-feira, 13/08/2013, fui receber os resultados dos exames tive que esperar os médicos chegarem às 10h. 30 min. para poder começar atender a população, quando fui atendido era meio dia, isso é uma vergonha é um descaso total com a população, um desrespeito com todos nós que pagamos impostos e não temos o investimento desejado com o nosso dinheiro recolhido pelo governo”, disse para a reportagem o morador da cidade de Medicilândia que preferiu não se identificar temendo retaliação.
Quanto a medicamentos é raro ter o remédio receitado pelos médicos, segundo as reclamações da população.  Como acontece no município de Uruará os pacientes com casos graves também são transferidos para o Hospital Regional da Transamazônica e é, segundo os moradores, um descaso total, pois muita gente com agendamento esperando por uma consulta mais detalhada no Hospital Regional e não conseguem um atendimento rápido. “Meu sogro já faz dois meses que está esperando por uma vaga no Hospital Regional e nada ainda. Eu fui ao hospital municipal cobrar e a moça me disse que tenho que aguardar ser chamado será que durante dois meses não apareceu uma vaga? Mas é assim, eles colocam quem eles querem para ser transferido e se tiver que morrer, morre esperando”, contou o morador.
O município de Medicilândia tem uma população de 27.328 habitantes, de acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Por: joabe reis

Polícia de Uruará prendeassassino de João Balinha.

 “Matei João Balinha por ciúme”, diz assassino deJoão Balinha

Numa operação bem sucedida a polícia militar de Uruará prendeu na tarde desta terça-feira, 13, por volta das 16 horas e 50 minutos o assassino confesso do ex-candidato a prefeito de Uruará, João da Costa Carvalho, o João Balinha, de 67 anos. Crime ocorrido na manhã do dia 22 de julho de 2013 no km 165 sul na propriedade rural da vítima. O criminoso estava escondido na zona rural do município na vicinal do km 190 norte a 25 quilômetros da cidade de Uruará. 
A polícia conseguiu chegar ao assassino através de denúncias de populares. De acordo com a polícia o autor do homicídio, Francelino Caetano Oliveira, 29 anos, estava na casa de sua mãe e foi preso no momento em que retornava do mato onde se escondia e não reagiu a prisão. Os policiais enfrentaram dificuldades para chegarem até o local devido às péssimas condições da estrada vicinal bastante esburacada.
Participaram da operação o Sargento PM Vieira, Cabo PM Manoel e soldado PM Campinas sob o comando do capitão Márcio Abud comandante da 13ª companhia Independente de Polícia Militar de Uruará. Os policiais militares apresentaram o assassino ao delegado Godofredo Martins Borges na delegacia de polícia civil de Uruará por volta das 17 horas e 30 minutos, quando Francelino confessou ter matado João Balinha e contou detalhes de como cometeu o crime, segundo seus relatos ele matou o ex-candidato por ciúme da sobrinha de 13 anos da qual ele gostava e segundo ele João Balinha poderia ter alguma relação com ela. 
O assassino contou que acertou a cabeça de João Balinha três vezes com um machado numa agressão pelas costas enquanto os dois caminhavam em direção ao milharal. Após cometer o crime ele retornou para a casa onde a sobrinha estava e disse pra ela os textuais, “Não dê ousadia para outro homem não”. Na delegacia ele disse também “Se minha sobrinha não fosse minha sobrinha eu até namoraria com ela. Eu já passei a mão nela sim, nas suas partes íntimas”, disse o assassino bastante nervoso e tremendo muito. Depois de cometer o crime ele veio para a cidade de Uruará, comprou mortadela e farinha e se entocou na mata.

Já acendi vela pra ele e já rezei”, ainda disse o assassino frio e calculista.

O delegado Godofredo Borges autuou Francelino Caetano Oliveira no artigo 121 parágrafo segundo, homicídio qualificado inciso II - por motivo futil; e inciso IV - à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido; Cuja Pena é reclusão, de doze a trinta anos.
O assassino está recolhido na carceragem da delegacia de polícia de Uruará a disposição da justiça.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Educação de Placas em Greve por falta de Pagamento

Após uma reunião com a Secretaria Municipal de educação, Governo e Comissão de educação da Câmara o SINTEPP SUBSEDE DE PLACAS, foi informado que não há previsão de pagamento para este mês e convocou todos os trabalhadores da Educação Municipal para participar de uma Assembléia Geral Extraordinária, que aconteceu no dia 13 de agosto de 2013, com inicio às 14h00minh, na Escola Almir Gabriel, para analisar e Deliberação do pagamento do mês de julho de 2013. Na assembleia se via no semblante dos servidores a preocupação e a decepção destes com o atual governo, principalmente dos que apoiaram o Gauchão Leonir para prefeito pois esse ja é o 5° atraso em sete meses de Governo.
A previsão de pagamento feita pela Prefeitura para pagar somente em Setembro o salário dos servidores da Educação do mês Julho, dessa forma ficaria sem previsão de pagamento do 13° ou fechar a folha de pagamento deste ano. Portanto foi decidido na plenária decretar greve para todos os funcionários da Educação Pública no Município de Placas e marcada uma grande manifestação nas ruas de Placas para a próxima segunda feira dia 19 de Agosto. As aulas do ensino fundamental estão paralisadas em todo o município e sem previsão de retorno. O Sintepp já enviou uma comissão encaminhando um documento para o Ministério Público pedindo o bloqueio dos recursos do Fundeb para garantir o pagamento da folha. O ministério público ou a Camara municipal deve pedir nos próximos dias o afastamento do Prefeito Leonir Hermes e instaurar uma auditoria nas contas do Município para investigar o que já foio feito com mais de R$ 20.000.000,00 (vinte milhões de reais) "Fonte Banco do Brasil" que entraram na conta da prefeitura de 01 de janeiro à 14 de Agosto de 2013. A população aguarda anciosa e preocupada com o desfecho dessa situação. O que será que vai acontecer? O povo Placas merece passar por Isso? Quem está pagando caro são os alunos que ficarão sem aula e terão que estudar em dezembro e janeiro caso não se ache uma solução urgente! Mas não foi por falta de aviso, como disse o Vereador Marcelo Leal; "Todos avisaram que ia dar nisso!!! Só o governo fechou os olhos e não fez nada!!!!
Por isso, infelizmente, ESTAMOS EM GREVE!!!! TODOS AQUELES QUE SE PREOCUPAM COM A EDUCAÇÃO DE PLACAS NOS AJUDE NESSE MOVIMENTO...ELE NÃO É CONTRA PARTIDO OU PESSOAS MAS É A FAVOR DO DIREITO DOS TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO DE TER SEU SUSTENTO GARANTIDO, SUAS CONTAS PAGAS, COMIDA NA MESA...GOVERNO QUE NÃO TRATA BEM DA EDUCAÇÃO NÃO É GOVERNO SÉRIO..."
 Maiores informações neste blog no decorrer do dia.
Gilberto Leite 14 de Agosto de 2013.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Em operação de Guerra Governo Federal usa Força Nacional contra Indios Mundurucus em Jacareacanga

Foto: Ruy Sposati/CimiAviões e tropas da Força Nacional estão em Jacareacanga, município ao sul do Pará, para garantir a entrada de 130 técnicos no território indígena Munduruku para estudos necessários às usinas hidrelétricas de São Luiz do Tapajós e Jatobá. De acordo com lideranças indígenas, as tropas empreendem exercícios de guerra, com voos rasantes e mobilidade das tropas em pontos estratégicos da cidade.

O envio dos técnicos e a operação da Força Nacional, porém, fazem parte de quebra de acordo do governo federal com os Munduruku. Após o povo deter três pesquisadores na terra indígena, no início de julho, o governo federal suspendeu os estudos das usinas até a regulamentação do direito à Consulta Prévia – Convenção 169. O que nunca ocorreu.

No entanto, à sombra de tal acordo, a trama da retomada dos estudos se fiou. Durante reunião de caciques e lideranças Munduruku, no último dia 3, o prefeito de Jacareacanga, Raulien Queiroz, do PT, com força policial e institucional, comandou a destituição dos principais dirigentes da Associação Pusuru. Além disso, impediu manifestações contra a construção das usinas hidrelétricas no rio Tapajós. Leia matéria na íntegra aqui.  

Quatro dias depois do encontro em Jacareacanga, denunciado pelos Munduruku como forma de enfraquecer a organização interna num movimento orquestrado pelo governo federal, o secretário executivo adjunto do Ministério de Minas e Energia, Francisco Romário Wojcicki, assinou o ofício nº143/2013 enviado para a presidente interina da Funai, Maria Augusta Assirati, comunicando a retomada dos estudos no rio Tapajós.

No documento, Wojcicki informa que um dia antes, 6 de agosto, representantes dos ministérios de Minas e Energia, Planejamento, Orçamento e Gestão, Justiça e Secretaria Geral da Presidência da República, órgão responsável pela regulamentação da Consulta Prévia, decidiram pela retomada dos estudos no último dia 10. AFunai apenas foi comunicada da decisão, cujo estudo segue até 10 de setembro e, numa segunda etapa, entre 15 de setembro e 20 de novembro.

Sem questionamentos, a presidente da Funai, Maria Augusta, enviou, no último dia 8, ofício nº 166/2013 para a Associação Pusuru comunicando o retorno dos técnicos para dali dois dias. Mesmo com um representante do órgão indigenista presenciando tudo o que ocorreu no encontro do dia 3, Maria Augusta parabenizou a “importante reunião acontecida no dia 3 de agosto”. Em ligeira confusão, disse que Jacareacanga fica no Mato Grosso.

“Tudo isso está muito estranho. Os caciques e as lideranças têm certeza de que tudo tem relação, a reunião do dia 3 com esses documentos apenas comunicando a volta dos estudos. A Força Nacional está com caminhão e carros. Circulam pela cidade e nas redondezas”, declara Maria Leusa Munduruku.

Fora da terra indígena  

No ofício enviado pelo Ministério de Minas e Energia para a Funai não há nenhuma menção se os técnicos entrarão ou não na terra ou território Munduruku. Ainda assim, a presidente da Funai fez questão de frisar que os estudos ocorrerão fora da área indígena. Em nenhum dos dois documentos, porém, é citada a presença da Força Nacional e como a operação dos agentes militares ocorreria. Mais uma vez Maria Augusta não demonstra questionamentos.

“Os pesquisadores entram no nosso território, mas mesmo se não entrassem as usinas vão atingir tudo, então não pode ser desculpa. O governo quebrou acordo e quer impor projeto contra nós. Vamos resistir”, afirma Maria Leusa. A Munduruku lembra que não foram consultados quanto aos empreendimentos. A primeira parte dos estudos, comunicada à Funai pelo Ministério de Minas e Energia, ocorrerá entre os municípios de Jacareacanga e Trairão (usina de Jatobá) e a segunda entre os municípios de Itaituba e Trairão (usina de São Luiz do Tapajós).

“Não tem como os pesquisadores não passarem nas nossas terras. Aliás, tudo isso é nosso território, que reivindicamos. Se essas usinas saírem, nossas aldeias serão inundadas. Nossos locais sagrados serão inundados. Então é até um absurdo a gente ter que ouvir que os técnicos não entram. A Funai deveria tomar vergonha”, declara de forma enfática Maria Leusa.

Câmara de Tomé-Açú destitui do cargo o prefeito Carlos Vinícius Vieira


A Câmera de Vereadores de Tomé-Açu, nordeste do Pará, destituiu do cargo o prefeito Carlos Vinicius de Melo Vieira. Ele é suspeito de participação no assassinato de um advogado e de um empresário, em março de 2013.

Moradores de Tomé-Açu usaram uma tora de madeira para bloquear a ponte que de acesso a cidade. Eles também ocuparam a frente da Câmara para exigir a cassação do prefeito Carlos Vinicius de Melo Vieira.

Caixões em frente a Câmara lembraram o assassinato do advogado Jorge Pimentel e do empresário Luciano Capacio, executados a tiros por pistoleiros. O prefeito é investigado e apontado como possível mandante do crime.

Moradores da cidade e familiares das vítimas participaram do protesto. Na sessão, os vereadores avaliaram a cassação do mandato do prefeito, que é considerado foragido pela Justiça e está sendo procurado.

A Câmara Municipal de Vereadores de Tomé-Açu aprovou por unanimidade o decreto que extinguiu o cargo do prefeito Carlos Vinicius. O legislativo seguiu a orientação da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/PA) de não iniciar um processo de cassação do mandato, para evitar que o prefeito recorra à Justiça e transforme o caso em uma batalha judicial.

Para o vice-prefeito, Josehildo Taketa Bezerra, que deve assumir o cargo na próxima semana, a decisão deve levar tranquilidade ao município.

MOTORISTA EMBRIAGADO CAUSA ACIDENTE NA BR-230 TRECHO RURÓPOLIS/ITAITUBA


Situação em que ficou a vitura federal
 
Agente do IBAMA analisando os estragos
 
No último domingo, dia 11/08/2013, por volta das 16hs, Agentes Ambientais do Ibama apresentaram na delegacia de polícia civil de Rurópolis o nacionalADRIANO DOS SANTOS, 27 anos, motorista, natural da cidade de Bela Cruz do Oeste/PR, residente no município de Novo Progresso, ao qual foi dada voz de prisão por prática de crime de Direção de veículo automotor sob influência de álcool, uma vez que após uma tentativa de ultrapassagem perigosa de um caminhão de cargas que trafegava pela BR 230, trecho Rurópolis/Itaituba, 02 km do centro da cidade acabou colidindo com a VTR oficial do órgão, caminhonete Hilux, cor prata, Placa OQG0224, Ano/Modelo 2013, e durante a abordagem apresentava sinais visíveis de embriaguez alcoólica.O fato foi apresentado ao delegado de polícia civil de Rurópolis, Doutor Ariosnaldo da Silva Vital Filho, o qual autuou em flagrante delito por crime de trânsito (Art. 306, caput da Lei nº 9.503/97), bem como encaminhou as vítimas para os primeiros socorros no hospital municipal da cidade e para realização de exame de corpo de delito e constatação de dosagem alcoólica. Não houve vítimas fatais, entretanto, os agentes sofreram lesões de natureza leve, por outro lado, os veículos sofreram sérias avarias. 
Situação em que ficaram os veículos

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

NÃO FALTA DINHEIRO PARA EDUCAÇÃO, O QUE FALTA É MELHORAR A GESTÃO

NÃO FALTA DINHEIRO PARA EDUCAÇÃO, O QUE FALTA É MELHORAR A GESTÃO

Quem disse foi o Procurador da República, José Augusto Torres Potiguar, alegando que de 2011 para cá o repasse para a Secretaria Estadual de Educação do Pará e para as prefeituras dos municípios do Estado do Pará foi de mais de R$ 5 bilhões. Potiguar disse ainda que uma  das principais fontes de financiamento da educação pública no Brasil, o FUNDEB, se tornou um dos alvos preferenciais de gestores corruptos. No Estado do Pará, o Ministério Público Federal já instaurou 287 procedimentos investigatórios de 2010 até agora.
O Procurador adiantou que não pode precisar o total do rombo causado pelos desvios porque as ações ainda estão em andamento, mas afirma que  recursos da EDUCAÇÃO e da SAÚDE estão entre os que costumam ser mais desviados por gestores corruptos.São os desvios que consideramos repugnantes por privar a sociedade de dois direitos básicos: SAÚDE e EDUCAÇÃO.  Potiguar citou como as principais irregularidades a falta de prestação de contas, problema que costuma esconder um rosário de irregularidades. Isto acontece porque muitas das vezes os gestores não fizeram as licitações. Garante ele,  que 98% dos gestores agem com dolo (intenção de cometer as fraudes) e para esses casos não há orientação que dê jeito. As maiores irregularidades  estão nos 60% do Fundeb, que não é aplicado corretamente naquilo que  a lei obriga. A outra, é a malversação dos 40%. Entre elas as montagens de licitações, fracionamento de despesas para fugir do processo licitatório, pagamento de servidores com desvio de função e salários diferenciados com o dinheiro do FUNDEB. Também a não aplicação do percentual mínimo dos  recursos no pagamento de professores, como prevê a legislação.

domingo, 11 de agosto de 2013

Homenagem ao meu grande Pai Benedito Leite e meu Filho Erick Leite



Falar sobre pai é falar de amor…
Ser pai é a maior benção que o homem pode receber, ter um pai é uma benção, e tem um bom pai é uma dadiva de Deus. O amor de um grande pai e de um grande pai e de um grande filho só não é maior do que a saudade que fica quando estes partem.
Meus pensamentos derramam lágrimas de saudades de vocês, Benedito Leite meu grande e maravilhoso pai e Erick leite meu grande e maravilhoso filho...
Ter saudades é estar presente e sentir a dor da tua ausência…
Obrigado quero agradecer meu infinito coração, por cada amanhecer que deixaste compartir ao teu lado, por saber que estão aqui comigo em todo momento, porque sei que estarás aqui para sempre… sinto sua falta!
Sabes pai, sabe filho, sei que não estão mais perto de mim, mas toda minha vida vou agradecer
A Deus pelos pai e filho maravilhosos que designou e deu para mim…
Hoje é Dia dos Pais, para ser lembrado e comemorado, mas para mim este e todos os outros dias serão para lembrar sempre de vocês.
Quero agradecer todo o carinho, toda a dedicação, que recebi de vocês. Procuro, mas não encontro palavras para expressar toda a gratidão sentida. Vocês foram os grande amigos de todos os momentos. Eu os amarei eternamente!
Hoje mais que nos outros dias senti saudades de vocês … saudades de tê-los por perto, poder  abraçar, beijar, sentir a confiança e sinceridade nos conselhos que recebia de meu grande pai e que usava como exemplo pra retransmitir ao meu grande filho. Hoje senti saudades de vocês… afinal são longos anos sem a sua presença!
Filho, Pai eu daria tudo para poder novamente, sua mão segurar, ver seus lindos olhos a me contemplar, mais uma vez te abraçar e dizer: EU TE AMO!
Pai e filho… Não deveriam jamais morrer. Pois, quanto mais se vive é pouco para dizer: Eu te amo!
Quem tem pai e filhos, não desperdice o tempo, fale sobre o seu amor por ele HOJE… Pois, AMANHÃ pode ser tarde demais…
Obrigado Deus por ter me dado a oportunidade de ter um pai e um filho tão maravilhosos e abençoados, e garanto seguir o exemplo de vida deixado por ambos e trabalhar para a cada dia que passa ser uma pessoa cada vez melhor. Obrigado...